Junta e Câmara reuniram com associações

Junta e Câmara reuniram com associações

A Junta de Freguesia da Quinta do Conde e a Câmara Municipal de Sesimbra reuniram com o movimento associativo com o objectivo de efectuar uma avaliação das actividades conjuntas promovidas nos últimos meses e perspectivar as iniciativas até final do corrente ano.

Constituindo uma prática regular das instituições do Poder Local do Concelho, o encontro, realizado a 1 de Novembro, nas instalações da Junta, visou aindaa apresentação da novaequipa da Junta resultante do acto eleitoral de 29 de Setembro e a conjugação de esforços em torno da promoção, divulgação e concessão dos apoios necessários à concretização dos vários eventos concebidos pelas colectividades da nossa localidade.

De acordo com a informação veiculado pelos dirigentes associativos que tomaram parte na aludida reunião, entre as inúmeras realizações programadas para o que resta de 2013 figuram, entre outros,os festejos de S. Martinho; desfiles de moda sénior e juvenil; um encontro de escolas de samba e um concurso de samba-enredo; uma noite de fados; uma festa solidária; um concerto de Natal e uma concentração e desfile de veículos de automóveis antigos pelas ruas da Vila.

No decurso reunião foram igualmente abordados vários aspectos relacionados com a organização dos festejos de Carnaval, as comemorações do 40º aniversário da Revolução de 25 de Abril de 174; a Festa da Família e das Tradições; os Santos Populares e o Festival do Caracol, acontecimentos que marcam anualmente o calendário festivo da freguesia.

Representando o executivo municipal na reunião, Felícia Costa, vice-presidente da edilidade, salientou o dinamismo das colectividades quintacondenses e o permanente e saudável espírito de colaboração que têm evidenciado em, matéria de promoção da cultura e do desporto nesta zona do concelho, situação que, na sua opinião “adquire uma particular relevância no quadro que o país atravessa devido à redução dos meios financeiros de que as autarquias dispõem “.

Por isso, salientou a responsável camarária pela pasta da educação; cultura; acção Social; desporto e Juventude“ o papel do município é o de trabalhar com as instituições associativas, independentemente da vertente em que a sua acção se manifesta, já que se trata de entidades que emanam do povo e reflectem de forma genuína o seu pulsar”.

Segundo igualmente Felícia Costa, “apesar do cenário sombrio que nos apontam para 2014, é nossa intenção manter o mesmo nível de apoios que este ano concedemos às colectividades, assim como levar a efeito a requalificação de alguns equipamentos públicos que estejam subaproveitados, em ordem a que possam ser colocados à disposição da população”.