Luz e cor marcaram último dia da Feira Festa

Luz e cor marcaram último dia da Feira Festa

Uma onda de luz e cor, presenciada por um autêntico mar de gente, marcou o encerramento da 27ª edição da Feira Festa, acontecimento festivo que marca o calendário anual da Quinta do Conde nos primeiros dias de junho.

Tradição que se consolida em qua cada nova edição e se constitui como um dos momentos de afirmação da capacidade organizativa das instituições locais,a Feira Festa, voltou, mais uma vez, a assumir-se como o espaço de encontro dos habitantes da Freguesia e de milhares de cidadãos provenientes de outras localidades.

Dir-se-ia que durante dez dias, todos os caminhos da Vila desaguavam no recinto onde o evento decorreu, em resultado de uma programação diversificada, capaz de suscitar a mobilização de vários tipos de público e todos os escalões etários.

Antecedendo o último espectáculo programado para esta edição, Afonso Esteves, presidente da Comissão Organizadora do referido evento, expressou o desejo de que a programação tenha sido do agrado de todos quantos nela tomaram parte ou a ela assistiriam, salientou ainda tratar-se de uma iniciativa protagonizada pelo movimento associativo, com o apoio da Junta de Freguesia, Câmara Municipal de Sesimbra e do comércio e industria locais.

No decurso da breve cerimónia de encerramento, Vítor Antunes, presidente da autarquia quintacondense, manifestou a sua gratidão pela compreensão daqueles que vivem nas imediações do recinto da festa pelos incómodos que esta eventualmente lhes tenha trazido ao longo dos dez em que a mesma decorreu.

Segundo o responsável da Junta de Freguesia, “este acontecimento anual assenta numa estrutura voluntária que reflete, ano após ano, a capacidade, o empenho e a determinação dos habitantes em valorizar esta terra“, razão pela qual garantiu, “podem contar connosco nesse trabalho de elevação da Quinta do Conde, porque ao contrário de outros, reiteramos a nossa vontade de querer continuar a trabalhar com as instituições associativas para construir uma freguesia melhor.”

Para Felícia Costa, vice -presidente da Câmara Municipal de Sesimbra, “este evento anual é um momento feliz, porque resulta de um casamento entre o movimento associativo e as autarquias, visando a conjugação de esforços, empenhos e saberes. É assim que trabalhamos e iremos continuar a trabalhar, visando a melhoria da qualidade de vida da população.”

Segundo a edil, “a Feira Festa é a primeira de um conjunto de iniciativas agendadas para o período de verão, o qual inclui os Santos Populares, o Festival do Caracol e vários momentos de animação musical, artística e recreativa.

De acordo com a autarca sesimbrense, “não obstante a importância destes momentos e a relevância que assumem no contexto da afirmação da identidade local, é também na capacidade de lutar pela dignificação do território que a identidade dessa comunidade se manifesta, sendo disso exemplo a luta pela construção de uma escola secundária, matéria que aguarda a nossa mobilização em Setembro, assim como a instalação de uma loja do cidadão nesta freguesia e novas instalações para as forças de segurança.”