Iluminação pública

Iluminação pública

Na sequência de algumas observações e pedidos de esclarecimento que têm chegado à Junta de Freguesia, a propósito da iluminação pública que está a apagar mais cedo (e a ligar mais tarde) esclarece-se que a “A Câmara Municipal instalou, a título experimental, relógios astronómicos em todos os postos de transformação do concelho, com o objetivo de reduzir o horário de funcionamento da iluminação pública, e evitar que permaneça ligada no período diurno.

Estes equipamentos permitem que se ligue a luz mais tarde, ao anoitecer, se desligue mais cedo, ao amanhecer, o que reduz os consumos e consequentemente o encargo financeiro do município. No entanto, nesta fase inicial, e apesar da implementação do horário estar a ser monitorizada, verificou-se a necessidade de prolongar o tempo de iluminação artificial no período da manhã, principalmente nas zonas urbanas.

Assim, e de modo a ajustar os horários em conformidade com as zonas, a autarquia solicita aos munícipes que enviem as suas sugestões para o e-mail [email protected], para que, em conjunto, se possa encontrar uma solução que garanta uma poupança energética e a segurança das populações. A instalação destes relógios, a par da redução de focos em zonas de menor movimento, e da colocação de lâmpadas de menor consumo nas luminárias, são medidas imprescindíveis para reduzir o elevado esforço financeiro com iluminação pública que, em 2011, representou um encargo de 750 mil euros para a Câmara Municipal. Em 2012, com o aumento do IVA na eletricidade para 23 por cento, decretado pelo Governo, estima-se que o agravamento na fatura possa chegar aos 163 mil euros.”

Fonte: site CMS