Documentário sobre Cabo Espichel

Documentário sobre Cabo Espichel

Está marcada para dia 21 de dezembro, às 15h00, na Junta de Freguesia da Quinta do Conde, a apresentação do livro “Cabo Espichel – Em Terras de Um Mundo Perdido”, que faz conjunto com o filme documentário com o mesmo nome, produzido e realizado pelo fotógrafo Carlos Sargedas, apresentado ao público em setembro no Cineteatro Municipal em Sesimbra.

O documentário, a ser exibido pela primeira vez na Quinta do Conde dia 21 de dezembro,  contém bonitas imagens dos quintacondenses Sara Santos e Vítor Ramos, com os trajes do Grupo de Danças Antigas do Centro Comunitário da Quinta do Conde.

O projeto contou com o acompanhamento cientifico de Paulo Sá Caetano e Luís Ferreira e nele Carlos Sargedas quis mostrar as virtualidades do Cabo Espichel, mal aproveitadas nuns casos, negligenciadas noutros. As imagens contidas no documentário são expressivas e nas mais de duzentas páginas do livro o apelo ao respeito pelo património legado é constante.

A evidência das riquezas naturais, patrimoniais, históricas, cientificas, religiosas e culturais do Cabo Espichel sustenta o apelo de Carlos Sargedas à requalificação do santuário e das hospedarias e contou com a colaboração de vários especialistas, designadamente com textos do Prof. Dr. Miguel Magalhães Ramalho, geólogo e Diretor do Museu Geológico; do Prof. Dr. Jacques Rey, geólogo e Professor Emérito da Universidade em Toulouse; do espeleólogo Rui Francisco (Loia), um dos grandes conhecedores da região da Arrábida; da Prof.ª Drª Vanda Santos, geóloga e investigadora do Museu Nacional de História Natural e da Ciência; do Dr. António Teixeira, biólogo, do Instituto de Conservação da Natureza e Florestas (ICNF); do Prof. Dr. Fernando Catarino, biólogo e Professor Jubilado da Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa; de Miguel Saldanha, consultor de hidrografia; do Prof. Dr. Fernando António Baptista Pereira, historiador e Professor Catedrático da Faculdade de Belas-Artes da Universidade de Lisboa; da Drª Silvana Bessone, Diretora do Museu Nacional dos Coches; da Arqª Ana Vanessa Cabaça, arquiteta com Mestrado sobre o Cabo Espichel; da Prof. Drª Lucília José Justino, historiadora e investigadora etnográfica; do Reverendo Padre Francisco Mendes, antigo pároco da Freguesia do Castelo; e do Prof. Dr. Heitor Pato, historiador e investigador.

Sara e Vítor