Encerramento do atendimento semanal da Segurança Social

Encerramento do atendimento semanal da Segurança Social

A Junta de Freguesia da Quinta do Conde lamenta e contesta a decisão do Instituto de Segurança Social, IP de encerrar o serviço de atendimento semanal nesta Freguesia, serviço este que estava a ser assegurado por duas técnicas às quintas-feiras, na parte da manhã, mediante marcação prévia. Sendo certo que a situação vigente já não respondia à maioria das solicitações colocadas pela população (que ainda há alguns anos tinha disponível uma assistente social a tempo inteiro) esta nova alteração é, a nosso ver, incomportável.

O encerramento do atendimento semanal deixa sem apoio de proximidade os quintacondenses mais vulneráveis, quando crescem as situações de emergência social, deixando a nossa freguesia ainda mais desprotegida nesta matéria, inclusive porque, a maioria das pessoas que até agora recorria a este apoio não têm como se deslocar a Sesimbra ou a Setúbal, nem os serviços nas sedes de Concelho ou Distrito têm capacidade para atender toda a população.

A Junta de Freguesia repudia esta decisão, inserida na estratégia do Governo PSD/CDS-PP de ataque às funções sociais do Estado e de desresponsabilização da garantia da universalidade do acesso a direitos sociais constitucionalmente consagrados, como o apoio social.

A Junta de Freguesia já solicitou uma reunião, com carater de urgência, ao Centro Distrital de Setúbal da Segurança Social, para verificar quais os fundamentos que estão na origem desta decisão e pugnar pela inversão da medida tomada, à qual nos opomos firmemente, pelo retrocesso social que representa.

Quinta do Conde, 16 de fevereiro de 2015

                                                                                                                     A Junta de Freguesia