Junta reuniu na Quinta do Perú

Junta reuniu na Quinta do Perú

A realização de reuniões do Executivo fora da sede da Junta não constitui novidade, dado que no passado já reuniu algumas vezes no Casal do Sapo e nas Fontaínhas. Novidade foi a escolha do local ter agora recaído na Quinta do Perú. A reunião foi precedida de uma visita guiada ao condomínio, visita que serviu para alguns membros da Junta tomarem conhecimento da especificidade do território e a sua distribuição pelas freguesias de Quinta do Conde e Castelo.

Quanto à reunião em si, ela não divergiu substantivamente das anteriores e as dez propostas de deliberação foram todas aprovadas por unanimidade: o relatório da Venda Ambulante referente ao mês de março; a atribuição de subsídios ao Grupo Desportivo e Cultural do Conde 2; à Associação Desportiva, Cultural e Social da Quinta do Conde MGBOOS; ao Centro Cultural Social e Recreativo “A Voz do Alentejo” na Quinta do Conde; e à Casa do Alentejo; conceder tolerância de ponto aos trabalhadores da Autarquia no período da tarde do dia 2 de abril; delegar no presidente a competência da Junta de Freguesia para “gerir os recursos humanos ao serviço da freguesia”; o mapa de férias dos trabalhadores; o orçamento para o fornecimento do churrasco de 25 de Abril; e uma moção referente ao atendimento da Segurança Social na Quinta do Conde.

No período aberto ao público uma colaboradora da Administração aproveitou a oportunidade para comunicar satisfação pelo asfaltamento do troço que liga à Avenida da Liberdade e inquietação pela falta de iluminação pública na estrada de acesso ao local, terminando referindo quão importante seria, para facilitar a saída pela Estrada Nacional 10, a construção de uma rotunda em Negreiros.