VI Festival do Caracol fechou um mês de actividade festiva

VI Festival do Caracol fechou um mês de actividade festiva

Concluindo um mês de intensa actividade festiva, iniciada com a realização da Feira Festa e dos Santos Populares, chegou ao fim a 6ª edição do Festival do Caracol, iniciativa promovida pela Junta de Freguesia da Quinta do Conde, de parceria com o movimento associativo quintacondense.

O evento, concebido com o intuito de proporcionar às colectividades locais a obtenção de receitas que lhes permitam assegurar o normal funcionamento das suas actividades regulares, constitui um dos principais acontecimentos levados a efeito na localidade neste período do ano, assumindo-se ainda num dos grandes momentos de encontro e de salutar convívio entre a população e as instituições associativas da freguesia.

No dia 3 de Julho, no decurso da cerimónia de entrega dos de prémios aos participantes no concurso pratos confeccionados com caracóis, Vítor Antunes, presidente da autarquia, salientou que o objectivo da iniciativa visa proporcionar aos habitantes da localidade momentos de lazer e convívio, fomentando a manutenção das tradições e o auto-financiamento das agremiações da freguesia.”

Sem deixar de reconhecer que tão dilatado período de festejos acarreta alguns inconvenientes, especialmente para quem reside próximo dos locais onde os mesmos decorrem, o autarca quintacondense agradeceu a tolerância e compreensão mais uma vez revelada pelos moradores das zonas afectadas, realçando no entanto, que tal decorre da necessidade de rentabilizar os investimentos feitos na colocação das estruturas que acolhem estes eventos.

Expressando também o seu reconhecimento pelo apoio que a Câmara Municipal de Sesimbra concedeu a este vasto programa de realizações, Vítor Antunes, destacou igualmente, o entusiasmo colocado pelas várias associações na feitura pratos que submeteram a concurso, sublinhando que apesar de apenas três serem distinguidos, na perspectiva de organização do evento “todos estão premiados, devido ao empenho, criatividade e paixão que evidenciaram.”

Presente na cerimónia Augusto Pólvora, Presidente da Câmara Municipal de Sesimbra, congratulou-se com mais esta edição do referido Festival, com o qual se conclui um mês de mês de intensa actividade festiva na mais populosa freguesia do concelho, período que na sua opinião, “muito concorre anualmente para a reafirmação da identidade local.”

Segundo ainda o edil, ante o dinamismo e a diversidade cultural que caracterizam este importante núcleo urbano, podem contar connosco para prosseguir essa tarefa de consolidar a multiculturalidade que aqui se regista”.

Concurso do Caracol – Classificação

1.º  Grupo Recreativo Escola de Samba Batuque do Conde, Cataplana de Caracol;

2.º Fundo de Apoio Social a Caboverdeanos em Portugal – FASCP, Folhado à Esperança com Caracol;

3.º Grupo Desportivo e Cultural do Conde 2, Feijoada de Caracoleta;

4.ºs União Desportiva e Recreativa da Quinta do Conde (Caracoleta Laminada); Grupo Recreativo Escola de Samba Corvo de Prata (Moamba de Caracol); Núcleo do Sporting Clube de Portugal  da Quinta do Conde (Caril de Caracol); Casa do Benfica na Quinta do Conde (Caracoleta 34); Encontra-a-Esperança (Explosão de Caracoletas); Associação Desportiva Cultural e Social da Quinta do Conde – MGBOOS (Pimentinho Gourmet com  Recheio de Caracol) Agrupamento 718 da Quinta do Conde do Corpo Nacional de Escuta (Açorda de Caracol à Escuta); Centro Cultural Social e Recreativo A Voz do Alentejo na Quinta do Conde (Delícias de Caracol); ADQC – Associação para o Desenvolvimento da Quinta do Conde (Caracóis à Bulhão Pato); Grupo Desportivo e Cultural do Casal do Sapo (Omelete de Caracol); Pátio da Quinta (Espetada de Caracoleta) e Clube de Lutas do Bastos (Caracol à “Parafuso”).

2.º

3.º

 

4.º a

4.º b

 

4.º c

4.º d

 

4.º e

 

4.º f

 

 

 

4.º g

 

4.º h

 

4.º i

4.º l

 

4.º j