Assembleia de Freguesia aprovou a valorização da Quinta do Conde

Assembleia de Freguesia aprovou a valorização da  Quinta do Conde

A Assembleia de Freguesia da Quinta do Conde aprovou por expressiva maioria, a proposta de grandes opções, vulgo plano de atividades e o orçamento para 2016, apresentada pela Junta, com o objectivo de prosseguir o trabalho de qualificação da localidade nas diferentes áreas em que esta se manifesta.

No decurso da sessão, efetuada a 7 de dezembro, os membros do órgão deliberativo da Freguesia aprovaram ainda, desta feita por unanimidade, um voto de pesar pelo falecimento de João Favinha, dirigente associativo da localidade, outro de solidariedade para com as famílias das vítimas dos atentados ocorridos a 13 de novembro, em Paris, e um terceiro, formulando votos de boas festas a todos os quintacondenses.

O início da construção de um pavilhão multiusos, visando dar resposta à realização de uma série de eventos de cariz económico, recreativo, cultural, formativo e desportivo na Quinta do Conde, é uma das várias medidas, inscritas no aludido documento.

De acordo com Vítor Antunes, presidente da autarquia quintacondense, a citada proposta, constitui a reafirmação de uma aposta tendente a prosseguir com empenho e determinação, o trabalho desenvolvido pela Junta, tendente a elevar os padrões de qualidade de vida dos habitantes da Quinta do Conde e de quem nela exerce a sua atividade profissional.

Com um valor total de 360 mil euros, o documento contempla ainda um vasto leque de iniciativas e intervenções que visam valorizar significativamente a Vila da Quinta do Conde, colocando-a num novo patamar de desenvolvimento em matéria de satisfação de algumas das necessidades que atingiam a comunidade local.

“A defesa de um centro de saúde capacitado para responder em condições satisfatórias ao número de habitantes, tal como dos direitos económicos da Freguesia, através da reparação da injusta participação que lhe tem sido atribuído pelo Fundo de Financiamento das Freguesias e a defesa da uma correcção cadastral que confira rigor na transferência dos valores do IMI, são algumas das reivindicações nele inscritas”, refere o autarca

A exigência de um posto de atendimento da Segurança Social na Freguesia; pugnar pela criação de um centro de artes na Várzea da Quinta do Conde e a colocação de um monumento de homenagem ao Bombeiro, a par da intenção de conjugar com os Bombeiros Voluntários de Sesimbra a celebração do Dia do Bombeiro na localidade, figuram entre as iniciativas perspetivadas para 2016.

“Apoiar a construção do edifico da Cercizimbra, destinado a Centro de Atividades Ocupacionais e a Lar Residencial, localizado na Quinta do Conde; conferir apoio logístico ao denominado projeto “Cabaz do Peixe”; realizar mais uma edição da Feira da Saúde; o Campeonato Distrital de Corta Mato e o Quilómetro Jovem, são, igualmente, assuntos que, a par de um vasto leque de outros eventos, integram o plano de atividades, concebido para o próximo ano”, destaca Vítor Antunes.

Os trabalhos da mencionada sessão, ficaram ainda marcados pela eleição do vogal da Junta que substitui o demissionário António Lopes, tendo a escolha recaído em João Laranjeira.