31 de maio – Dia Nacional das Coletividades

31 de maio – Dia Nacional das Coletividades

Subordinada ao tema “40 Anos de Constituição da República e Associativismo” a Confederação Portuguesa das Coletividades de Cultura, Recreio e Desporto emitiu a seguinte Saudação:

“Após longos anos de luta da nossa Confederação, a lei 34/2003 de 22 de agosto veio fixar o dia 31 de maio como Dia Nacional das Coletividades. Este dia não foi escolhido ao acaso, nem existe por capricho. Foi o dia em que se iniciou o Congresso em que foi fundada a então Federação das Sociedades de Educação e Recreio em 1924.

O Dia Nacional das Coletividades surge assim como reconhecimento ao associativismo popular de cultura, recreio e desporto – 30.000 entidades, 425.000 Dirigentes e cerca de 3.000.00 filiados. Esta é a maior rede social e de voluntariado do nosso país e tem como projeto uma sociedade com valores e com os objetivos de transformação social.

De alguns anos a esta parte, as comemorações desenvolvem-se por todo o país e no estrangeiro. Decorrem entre 15 de maio e 15 de junho, assumindo as mais variadas formas, tantas quanto a diversidade do nosso movimento e as parcerias possíveis.

Este ano, as comemorações do Dia Nacional das Coletividades são dedicadas aos “40 anos da Constituição da República e as Associativismo”. A nossa lei fundamental consagra as liberdades de pensamento, expressão e reunião que estão na génese ao associativismo. Só com cada uma delas e com todas em conjunto, poderá existir associativismo livre e democrático.

Entendemos por isso que a melhor forma de comemorar o Dia Nacional das Coletividades e os 40 anos da Constituição da República é praticar a democracia dia-a-dia, é intervir conjuntamente com outros movimentos sociais para a melhoria das condições de vidado nosso povo e para a felicidade de crianças, jovens, adultos e idosos, independentemente da sua condição económica, social ou ética.

Saudamos ainda o Poder Local Democrático que comemora este ano o 40º aniversário das primeiras eleições em democracia, bem como os todos os Dirigentes Associativos na passagem desta importante data e manifestamos a nossa solidariedade e apoio a todas as atividades associativas de cultura, recreio e desporto como contributos para a democracia participativa, a qualidade da democracia e coesão social.

Viva o Dia Nacional das Coletividades!
Viva o Movimento Associativo Popular!
Viva Portugal!”