Junta de Freguesia condecora A Voz do Alentejo

Junta de Freguesia condecora A Voz do Alentejo

Na sua reunião de julho a Junta de Freguesia deliberou condecorar com a Medalha de Mérito da Freguesia o Centro Cultural, Recreativo e Social A Voz do Alentejo na Quinta do Conde. A distinção deverá ser entregue durante a celebração do 31.º aniversário da constituição da Freguesia da Quinta do Conde, no próximo dia 9 de outubro.

A criação dum grupo coral, com as características próprias do cante alentejano, era um objetivo há muito perseguido pelos mais entusiastas representantes da comunidade alentejana na Quinta do Conde. Sendo o Alentejo a origem mais representada entre os moradores da Quinta do Conde e o canto em coro a sublime forma de folclore daquela região, compreende-se e justifica-se esta antiga aspiração. Para atingir este fim houve ao longo dos anos algumas tentativas.

Em fevereiro de 1996, reuniram-se no extinto Café Cuba (Boa Água), alguns interessados que decidiram constituir um grupo coral alentejano, na Quinta do Conde, iniciando desde logo, todo o trabalho subsequente que tal decisão impunha. Para ensaiar escolheram a sede da Junta de Freguesia e a 24 de junho de 1996, o Grupo Coral A Voz do Alentejo na Quinta do Conde, apresentou-se trajado a rigor e atuou pela primeira vez em público, na Feira Festa.

A constituição oficial do Grupo concretizou-se a 12 de maio de 1998.

Em 2000 o Grupo Coral gravou uma cassete com algumas das mais emblemáticas interpretações do grupo. Muito participados são também os dois eventos que a associação anualmente organiza: o Encontro de Grupos Corais (maio) e o convívio de associados (setembro). No dia 25 de abril de 2008 lançou a primeira pedra para a construção da sede que foi inaugurada no dia 14 de março de 2010.

O Centro Cultural, Recreativo e Social A Voz do Alentejo na Quinta do Conde teve decisiva contribuição na promoção da candidatura do Cante Alentejano a Património Imaterial da Humanidade.