Autarquias e associações preparam iniciativas de 2017

Autarquias e associações preparam iniciativas de 2017

Reforçar os laços de cooperação entre a autarquia e as colectividades,  visando a sua intervenção no vasto conjunto de eventos previstos para a localidade ao longo deste ano, constituiu o tema de um encontro entre a Junta de Freguesia, a Câmara Municipal  e o movimento associativo da Quinta do Conde.

A reunião efectuada a 27 de janeiro nas instalações da referida junta, teve ainda como objectivo colher contributos susceptíveis de melhorara a organização das múltiplas iniciativas programadas até final do corrente ano, muitas delas, sugeridas pelas próprias agremiações, em sede de elaboração do plano de actividades da Junta de Freguesia.

A realização da prova de corta-mato distrital, o corso trapalhão, a 2ª edição da Feira Medieval, as comemorações da Revolução de Abril, a organização do II Encontro Concelhio do Movimento Associativo, a Feira-Festa, os Santos Populares e a primeira edição do Piquenicão Distrital, promovido de parceria com o MURPI do Distrito de Setúbal, foram alguns dos temas apreciados.

A constituição de um grupo de trabalho tendente a assegurar os aspetos relacionados com a animação musical dos Santos Populares, foi outro dos assuntos tratados no aludido encontro, que contou com a presença de uma jovem estudante grega, outra maltesa e uma ucraniana que ao abrigo do programa de Eramus se encontram a estagiar numa das coletividades da localidade.

No decurso dos trabalhos, Vítor Antunes, presidente da autarquia realçou a circunstância de a Freguesia ser ”não apenas o maior aglomerado populacional do concelho, mas também, um espaço territorial com significativo número de coletividades, cujo dinamismo constitui uma das suas mais-valias e uma das suas marcas identitárias. Logo,” defendeu, “a sua intervenção deve ser valorizada.”