Vamos dar as mãos pela Escola Secundária

Vamos dar as mãos pela Escola Secundária

O “Grupo de Trabalho para o Ensino Secundário na Quinta do Conde” que integra as associações de pais, autarquias locais e os professores, retoma dia 30 de março às 10h00, a realização do cordão humano (que em 26 de janeiro o mau tempo impediu de concretizar), a ligar as sedes dos três agrupamentos de escolas da Quinta do Conde, apelando à participação de todos, na exigência da construção da escola secundária. Pelas 11h30, realiza-se na Escola Básica 2,3+S Michel Giacometti uma concentração com intervenções de entidades.

A necessidade de uma Escola Secundária na Quinta do Conde é reconhecida por todos, incluindo os deputados da Assembleia da República que em fevereiro de 2016 aprovaram nesse sentido uma Resolução.

A concretização deste legítimo anseio ainda não está nos planos do governo, designadamente do Ministério da Educação, que insiste em respostas contraditórias com o notório objetivo de adiar, empurrar para a frente, sugerindo ocasionalmente mais uns estudos…

Trata-se de um inaceitável retrocesso que penaliza muito, económica e socialmente, as famílias da Quinta do Conde, sobretudo aquelas de onde provêm as centenas de alunos que diariamente são obrigados a procurar longe de casa a frequência deste grau do ensino obrigatório.

Adiar o lançamento do projeto significa acrescentar anos, aos necessários para a construção da escola.

Em nome daquele Grupo de Trabalho a Junta de Freguesia convida os quintacondenses a participar nesta iniciativa pelo futuro dos nossos jovens e porvir da nossa terra.