Faleceu Augusto Pólvora

Faleceu Augusto Pólvora

O corpo estará esta segunda-feira, a partir das 16h00 na Igreja Matriz de Sesimbra e o funeral realizar-se-á na terça-feira, às 10h00, seguido de cremação no crematório da Quinta do Conde, às 13h00.

Foi com profundo pesar e mágoa que a Junta de Freguesia da Quinta do Conde tomou conhecimento do falecimento de Augusto Pólvora, Presidente da Câmara Municipal de Sesimbra.

Natural da Vila de Sesimbra, filho de pescador, casado e com 4 filhos, residia em Pinheirinhos, na freguesia do Castelo.

Estudou na Checoslováquia no âmbito da solidariedade e cooperação dos países socialistas com o povo português. Era licenciado em arquitetura com média final de 19 valores e distinção, tendo recebido o Prémio do Reitor da Universidade Técnica Eslovaca de Bratislava. Era Técnico Superior na Câmara Municipal do Seixal, autor e co-autor de diversos estudos, planos e projetos na área do urbanismo e arquitetura.

Iniciou a sua atividade profissional como arquiteto em 1985, na GERAP, tendo ingressado na Câmara Municipal de Sesimbra em 1986, onde exerceu funções no Gabinete da Quinta do Conde e desempenhou nos anos de 1988 e 1989 as funções de Chefe da Divisão de Administração e Planeamento Urbanístico.

Foi eleito Vereador pela CDU, no mandato de 1989-93, tendo exercido funções de Vereador-substituto do Presidente da Câmara, com responsabilidades diretas nos pelouros do Urbanismo, Habitação, Lagoa de Albufeira e Quinta do Conde.

Exerceu as funções de Administrador-delegado da Associação de Municípios do Distrito de Setúbal entre 1994 e 2002.

Foi candidato da CDU à Assembleia da República nas Eleições Legislativas de 1995.

Foi eleito Vereador pela CDU no mandato 1997-2001, exercendo funções não remuneradas com responsabilidades diretas no Pelouro do Trânsito e Transportes.

Foi reeleito Vereador pela CDU no mandato 2001-2005, exercendo funções em regime de meio-tempo, com responsabilidades diretas no Pelouro do Planeamento Urbanístico, Ambiente e Toponímia.

Foi Presidente da Câmara Municipal de Sesimbra eleito pela CDU desde 2005.

Foi Vogal do Conselho Diretivo do Parque Natural da Arrábida como representante das Câmaras Municipais de Sesimbra, Palmela e Setúbal.

Foi membro dos Corpos Sociais da CDR, Agência de Desenvolvimento Regional da Península de Setúbal.

Foi membro dos Corpos Sociais da Agência de Desenvolvimento Local do Seixal – “Fábrica da Pólvora”.

Foi Coordenador da Comissão Executiva do PEDEPES – Plano Estratégico de Desenvolvimento da Península de Setúbal.

Foi Coordenador do Grupo de Trabalho de Urbanismo da Associação de Municípios do Distrito de Setúbal.

Foi representante da ANMP na Secção do Património Arquitetónico e Arqueológico do Conselho de Cultura e na Secção Especializada Permanente do Património Arquitetónico e Arqueológico do Conselho Nacional de Cultura.

Foi membro da Comissão Executiva da Entidade Regional de Turismo da Região de Lisboa.

Foi membro do júri, em representação da ANMP, no Prémio Nacional de Paisagem.

Foi membro da Secção de Municípios com Atividade Piscatória e Portos na ANMP.

Militante do Partido Comunista Português desde muito jovem, era membro da Comissão Concelhia de Sesimbra e da Direção da Organização Regional de Setúbal do PCP.

Foi um grande lutador pelo progresso e desenvolvimento da região de Setúbal e do Concelho de Sesimbra e um camarada muito estimado por todos os membros do Partido, sentimento que se estendeu a toda a população do concelho.

A Junta de Freguesia da Quinta do Conde endereça à família a suas mais fraternas e sentidas condolências por esta inestimável perda.

Recordamos que a Junta de Freguesia da Quinta do Conde aprovou, por unanimidade, na sua reunião de 1 de junho, no âmbito do Regulamento de Condecorações, atribuir a Medalha de Honra da Freguesia a Augusto Pólvora, distinção marcada para o próximo dia 9 de outubro, data da celebração do aniversário da Freguesia.

“Estabeleceu com a Quinta do Conde uma relação muito forte, nascida dos trabalhos que aqui realizou enquanto estudante, das amizades que então constituiu e dos convívios que aqui passou a frequentar”, pode ler-se no documento aprovado, que acrescenta: “A evolução urbanística da Quinta do Conde reflete muito do pensamento e da vontade de Augusto Pólvora, sedimentados com a sua eleição para a presidência da Câmara em 2005 e referenciáveis em obras como o Parque da Vila; a renovação do parque escolar do primeiro ciclo e ensino pré-escolar; a conclusão da pavimentação das ruas da Vila; o parque ecológico da Várzea da Quinta do Conde, inserido no ambicioso projeto de corredor ecológico da Arrábida ao Tejo; a participação decisiva da autarquia em obras com reflexos na vida dos quintacondenses, como o nó desnivelado na Estrada Nacional 10, o Centro de Saúde e outras.”