Concerto de Ano Novo realçou traços identitários da Quinta do Conde

Concerto de Ano Novo realçou traços identitários da Quinta do Conde

Iniciativa que se assume como uma tradição tendente a divulgar os grupos musicais da localidade, o Concerto de Ano Novo, promovido pela Junta de Freguesia da Quinta do Conde, constitui-se ainda como um momento de convívio anual entre os agentes culturais que desenvolvem a sua actividade no domínio da expressão musical.

Realizado na tarde de 7 de janeiro, nas instalações do Grupo Desportivo e Cultural do Conde 2 e apresentando um cartaz que incluía a participação de uma dezena de agrupamentos musicais, o espectáculo concitou o interesse de uma elevada assistência que encheu o salão de festas da referida colectividade.

Numa tarde em que a música popular portuguesa marcou presença destacada, quem ali acorreu pôde, assim, revisitar consagrados temas do cancioneiro tradicional de várias regiões do país característicos das janeiras e do dia de reis, interpretados com suporte instrumental ou apenas na sua expressão coral, realçando deste modo a identidade da Freguesia, alicerçada em diferentes origens geográficas.

No decurso do aludido concerto Vítor Antunes, presidente da autarquia quintacondense, procedeu à entrega de uma saudação a Eduardo Cerqueira empresário do ramo da pastelaria, cuja actividade tem sido um dos factores de notícias positivas relacionadas com a localidade.

De acordo com o presidente da Junta de Freguesia “o início de cada ano, é sempre o momento de reiterarmos o objectivo de concretizar o sonho de habitarmos um mundo melhor, logo, a construção de uma Quinta do Conde mais próspera, mais acolhedora e mais bonita.”

Por isso, sublinhou Vítor Antunes, “com a legitimidade que nos é conferida pela obra já feita ao longo dos últimos mandatos e pelo consequente aumento da auto-estima que os quintacondenses sentem, a autarquia tudo fará para corresponder às suas naturais expectativas, reafirmando o intuito de concretizar esses legítimos anseios.”

Enquanto Conceição Gonçalves, secretária da Mesa da Assembleia Municipal de Sesimbra, expressava em nome deste órgão do município, os votos de bom ano aos habitantes da Vila da Quinta do Conde, Francisco Jesus, Presidente da Câmara Municipal felicitava o evento, ao qual assistiu pela primeira vez na sua qualidade de líder camarário.

Salientando as grandes áreas da actuação da edilidade visando a melhoria da qualidade de vida de quem trabalha ou reside na Freguesia, o edil destacou a construção de uma nova escola do primeiro ciclo dotada de um auditório com capacidade para duzentos e cinquenta lugares, assim como a construção de um pólo da biblioteca municipal e de um pavilhão multiusos, projectado pela Junta de Freguesia.

“A par destes equipamentos”, afirmou Francisco Jesus, “a actuação da Câmara Municipal far-se-á sentir ainda na concretização de um percurso pedonal que atravessará toda a localidade estendendo-se até à estação ferroviária, assim como a criação, a titulo experimental, de um circuito urbano de transporte coletivo, tendo já colhido para o efeito, a disponibilidade do operador que serva esta zona do Concelho.

Além disso, frisou ainda o edil, “é intenção do município reforçar a capacidade de resposta em matéria de limpeza do espaço público, promover a descentralização de competências na Junta, em ordem a conferir mais eficácia  a alguns serviços  devido à sua  maior proximidade  aos cidadãos e continuar a apoiar o movimento associativo local , reforçando, por essa via, os traços identitários  da comunidade quintacondense, valorizando-os e projectando-os no futuro.”