Assembleia de Freguesia ampliou mapa de pessoal

Assembleia de Freguesia ampliou mapa de pessoal

A aprovação de uma proposta apresentada pela Junta de Freguesia, visando a alteração ao mapa de pessoal e a consequente abertura de três novos lugares, constituiu uma das várias deliberações tomadas pela Assembleia de Freguesia, tendentes a elevar a capacidade de resposta dos serviços da autarquia às necessidades decorrentes do crescimento populacional da Quinta do Conde.

A decisão, aprovada por unanimidade na sessão realizada a 21 de Junho, associada à recente abertura de duas outras vagas e cujo processo concursal aguarda publicação em Diário da República, permitirá assim a criação de mais uma equipa operacional e, com ela, uma maior eficácia na resposta às solicitações da população.

No período aberto à intervenção do público André Antunes, presidente do Rancho Folclórico e Humanitário do Concelho de Sesimbra saudou o apoio concedido pela Junta à realização do Festival de Folclore da localidade efectuado no quadro da Feira Festa e Sebastião Lameiras, presidente da Comissão de Utentes dos Serviços de Saúde da localidade denunciou o quadro com que os habitantes se confrontam, decorrente designadamente da insuficiência de médicos e enfermeiros de família, situação agravada com a recusa, por parte da unidade local de saúde, de aceitar a inscrição de novos utentes.

A par destas intervenções dois outros moradores, usaram também da palavra para se queixarem do ruído provocado pelo arraial dos santos populares e da perturbação que a iniciativa efectuada tradicionalmente no espaço adjacente à Junta de Freguesia causa ao seu quotidiano.

Esclarecendo algumas questões suscitadas pelos oradores, Vítor Antunes, presidente da referida Junta, salientou tratar-se de um evento que ocorre apenas nesta época do ano e por um período limitado de dias, resultante de uma parceira entre a Câmara Municipal de Sesimbra, a Junta de Freguesia e o movimento associativo da localidade, que nele encontra um uma fonte de receita para a manutenção das suas regulares actividades e o consequente beneficio dos habitantes da Vila.

No decurso dos trabalhos, realizados nas instalações do Centro Cultural Social e Recreativo a Voz do Alentejo, o órgão deliberativo da entidade representativa dos quintacondenses, aprovou ainda um voto de pesar pelo falecimento de António Arnaut, personalidade associada à criação do Serviço Nacional de Saúde e um vasto conjunto de saudações e recomendações, acerca de vários assuntos, momento marcado aliás pelo abandono da sala  dos membros do Movimento Sesimbra Unida, demitindo-se deste modo de votarem uma saudação ao movimento associativo da Freguesia e um documento alusivo à eliminação da injustiça de que a localidade tem sido alvo em matéria de finanças locais.