COVID19 – Medidas de prevenção ao risco de contágio

COVID19 – Medidas de prevenção ao risco de contágio

A Câmara Municipal de Sesimbra e as juntas de freguesia do concelho tomaram um conjunto de medidas com vista a reduzir os riscos de contágio por COVID-19, que passam pelo cancelamento de atividades suscetíveis de gerar concentração de pessoas, até 3 de abril, bem como recomendações ao movimento associativo e outras entidades para que procedam da mesma forma.

As autarquias também não licenciarão qualquer atividade que possa gerar concentração e movimentação de pessoas durante este período. Estas medidas surgem no âmbito do Plano Nacional de Preparação e Resposta à Doença por novo Coronavírus (Covid-19), da Direção-geral de Saúde e das recomendações feitas por esta entidade.

Nesta fase não serão encerrados equipamentos municipais, embora possa ser feito o controlo do número de pessoas no seu interior, caso se justifique, seguindo-se assim indicações da Direção-geral de Saúde. A exceção é a Piscina de Sesimbra, que será encerrada, e os pavilhões municipais de Sampaio e Quinta do Conde, cujo uso será condicionado. O acesso a serviços de atendimento é aconselhado em casos de estrita necessidade ou urgência. Será feito o reforço da informação e prevenção nos espaços municipais.

Medidas para redução do risco de contágio pelo COVID-19:

a) Suspender todas as atividades culturais, desportivas e sociais promovidas pelas autarquias do concelho de Sesimbra, incluindo eventos e atividades em equipamentos;

b) Não licenciar, no âmbito das suas competências, quaisquer atividades privadas que prevejam a concentração de pessoas e recomendar ao movimento associativo e entidades que se evitem estas iniciativas;

c) Encerrar a Piscina de Sesimbra e condicionar o uso dos pavilhões desportivos municipais aos estabelecimentos de ensino e treinos/jogos sem presença de público, determinados pelas respetivas federações/associações;

d) Reforçar a informação e os cuidados preventivos nos mercados municipais, parques verdes urbanos, parque de campismo municipal e equipamentos autárquicos com contacto com o público;

e) Recomendar que o acesso a equipamentos públicos e de atendimento presencial, seja efetuada apenas na medida do estritamente necessário, utilizando sempre que possível o recurso à via digital e telefónica.

A Câmara Municipal de Sesimbra e as juntas de freguesia estão a acompanhar de perto o desenvolvimento dos acontecimentos, em articulação com as entidades de proteção civil do concelho e Direção-geral de Saúde. Todas estas medidas estão a ser avaliadas caso a caso, em permanência.

Nota: Foi suspenso o funcionamento da Universidade Sénior “O Sonho Não Tem Idade”  tendo em conta que os alunos se inscrevem no “grupo de risco”.