Dê sangue, este sábado, 8 de Agosto, na Voz do Alentejo

Dê sangue, este sábado, 8 de Agosto, na Voz do Alentejo

A Junta de Freguesia reconhece a importância das dádivas benévolas de sangue, que na Quinta do Conde se têm organizado desde há quase três décadas. Com efeito, em Outubro de 1993, foi criado o Grupo Folclórico e Humanitário do Concelho de Sesimbra, com as duas funções distintas – a primeira como o nome indica, para promoção das práticas folclóricas e etnográficas da nossa região, a segunda e não menos importante, a organização de dádivas benévolas de sangue, em colaboração com o IPST – Instituto Português do Sangue e da Transplantação, com a criação de um grupo de dadores na Quinta do Conde.

Sobre esta última atividade, a associação tem desenvolvido anualmente várias sessões de colheitas. Observamos que a partir de 2018 se começou a verificar novo aumento de inscritos para as dádivas, registando o Grupo Folclórico e Humanitário, mais de cem inscritos na sua base de dados. Mas observamos também que a participação nas sessões de colheita não reflete o número de habitantes da Quinta do Conde.

Consequentemente, ciente da importância do envolvimento cívico nesta prática humanitária, a Junta de Freguesia associa-se no apelo à participação dos quintacondenses, já no próximo sábado 8 de Agosto, na Voz do Alentejo (Rua Senhor das Chagas, lote 808, Boa Água 1, perto da Igreja da Nª Srª da Boa Água), entre as 15h00 e as 19h00. Para participar basta ter idade igual ou superior a 18 anos, ter pelo menos 50kg, apresentar o cartão de dador (caso tenha) ou o documento de identificação.