Assembleia de Freguesia aprova documentos visando a defesa e promoção da Quinta do Conde

Assembleia de Freguesia aprova documentos visando a defesa e promoção da Quinta do Conde

A aprovação de uma moção e uma saudação alusivas ao início do novo ano lectivo e à necessidade de observar as limitações -de várias natureza- que a actual situação pandémica coloca em matéria de segurança de alunos, professores e funcionários dos estabelecimentos de ensino, constituíram algumas das deliberações da Assembleia de Freguesia da Quinta do Conde.

A sessão, realizada pela segunda vez consecutiva no pavilhão gimno-desportivo do Grupo Desportivo e Cultural Casal do Sapo, a 23 de Setembro, em ordem a cumprir as determinações de distanciamento físico imposto pela Direcção Geral de Saúde, aprovou ainda um documento chamando a atenção para a imperiosa necessidade de conclusão da obra do Lar e Centro de Actividades Ocupacionais da Cercizimbra, equipamento que há largos anos aguarda o respectivo financiamento por parte do Estado e que o actual quadro pandémico veio, mais vez, protelar.

No decurso dos trabalhos, os membros do órgão deliberativo da freguesia decidiram igualmente aprovar uma recomendação acerca das actividades culturais promovidas pela Câmara Municipal de Sesimbra noutras zonas do território concelhio e a ausência de idênticas iniciativas na mais populosa freguesia do Concelho.

Além dos referidos documentos, a Assembleia deliberou ainda a aprovação de uma moção sobre a mobilidade saudável e a importância que esta assume em matéria de bem-estar dos cidadãos, sugerindo um conjunto de medidas para a localidade e com elas, algumas operações de índole urbanística.

Sublinhando a importância dos temas abordados nos diferentes documentos submetidos pelas várias bancadas partidárias à apreciação da aludida Assembleia, Vitor Antunes, presidente da Junta de Freguesia, chamou todavia a atenção para a ausência de competências da autarquia quintacondense designadamente no domínio da administração urbanística, ao mesmo tempo que esclarecia algumas dúvidas suscitadas pelas diversos grupos políticos representados no mencionado órgão, sobre a actividade desenvolvida pela Junta entre Junho e Agosto.