Junta preocupada falhas de energia

A Junta de Freguesia da Quinta do Conde deu conhecimento à EDP da insatisfação dos quintacondenses relativamente ao fornecimento da energia elétrica, reclamações que têm vindo a crescer acentuadamente com incidência em duas áreas: Energia domiciliária e Iluminação pública.

No que concerne à energia domiciliária, relatam-nos os nossos concidadãos (Várias dezenas de famílias), sobretudo na área norte da Quinta do Conde, objetivamente das ruas Manuel da Maia, Afonso Domingues e outras ruas próximas, que estão repetidamente longos períodos sem energia, apontando até como exemplo o primeiro dia do ano em que estiveram muitas horas sem energia obrigando, nos casos em que tal foi possível, a soluções de recurso para manter condições de sobrevivência a cidadãos mais idosos e frágeis. A obrigação de confinamento evidencia ainda mais estas dificuldades e o desconforto que lhes está associado.

No que concerne à iluminação pública, observamos que é, também, quando mais dela os quintacondenses necessitam que ela falha. Deduzimos que a assistência e manutenção às redes tenha sido preterida em favor de outros objetivos.

Terminámos a missiva a solicitar o empenhamento no sentido de resolver com urgências as situações descritas.